sábado, fevereiro 11, 2006

Combinação Perfeita

Ernst Junger viu muito certeiramente, ao afirmar que gatos e livros são duas coisas que vão muito bem uma com a outra. Lamento, porém, que Fialho tenha pegado no que menos bom se aponta aos felinos, para metaforizar o que de pior têm os homens, mesmo os de génio, que é a maledicência, por vezes embalada como «Crítica». Poder-se-ia antes titular um volume, com o enunciado da miadeira condição em virtude da agilidade de espírito, comparável à do físico dos bichanos. E como têm fama de serem possessivos, que lhes ficasse o proveito, em marcas de propriedade como este ex-libris:

2 Comments:

Blogger RAA said...

É o teu, finalmente?

3:07 da tarde  
Blogger O Amigo das Gatas said...

Inda não, Caríssimo. Temo que o meu seja muito menos interessante...
Ab.

5:57 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home